“Onde quer que se encontrem uma ou mais pessoas reunidas em meu nome, eu com elas estarei”. Jesus (Mateus, 18:20)

O que é ?

Trata-se de uma reunião familiar com o proposito de estudar o Evangelho do Cristo, com o objetivo de assimilar os seus ensinamentos para pô-los em pratica e progredir espiritualmente

Quando Fazer?

Escolhe-se um dia da semana fixo e horário melhor para todos, observando-se com rigor a sua constância e pontualidade, para facilitar a assistência espiritual.
É importante que os temas sejam discutidos com a participação de todos, na medida do possível, sem imposições, para evitar-se constrangimentos.

Quem participa?

Todos os moradores da casa, inclusive empregados sem ”forçar” a participação de ninguém.
incentivar a participação das crianças, amigos e visitas podem ser convidados a participar, também.

Onde fazer?

Em qualquer compartimento da casa, de preferencia dispostos em torno de uma mesa, não ha necessidade de toalha branca na mesa nem de darem as mãos.
Antes do início da reunião, prepara-se o local, colocando em cima da mesa água pura, em uma garrafa, ou em copos, para ser fluidificada pelos Benfeitores Espirituais, em nome de Jesus

Porque fazer?

”Quando a família ora, jesus se demora em casa”
(Joanna de Angelis)
As pessoas, unidas por laços consanguíneos, compreenderão a necessidade da vivência harmoniosa e, dentro de suas possibilidades, buscarão, pouco a pouco, superar possíveis barreiras, desentendimentos e desajustes, que possam existir entre pais e filhos, cônjuges e irmãos.
Com o estudo do Evangelho de Jesus aprende-se a compreender e a conviver na família humana.
Assim, conscientes de que são espíritos devedores perante as Leis Universais, procuram conduzir-se dentro de atitudes exemplares, amando e perdoando, suportando e compreendendo os revezes da vida.
Quando o Culto do Evangelho no Lar é praticado fielmente à data e ao horário semanal estabelecidos, atraem-se para o convívio doméstico Espíritos Superiores, que orientam e amparam, estimulam e protegem a todos.
A presença de Espíritos iluminados no Lar afasta aqueles de índole inferior, que desejam a desunião e a discórdia. O ambiente torna-se posto avançado da Luz, onde almas dedicadas ao Bem estarão sempre presentes, quer encarnadas, quer desencarnadas.
As pessoas habituadas à oração, ao estudo e à vivência cristã, tornam-se mais sensíveis e passíveis às inspirações dos Espíritos Mentores.

Como fazer?

Não ha formula ideal para o culto do evangelho no lar.
Sugere-se o roteiro:

1. leitura inicial de uma mensagem com conteúdo edificante.

2. Prece Inicial


Inicia-se com uma prece simples e espontânea, buscando contato com os planos superiores .
Na prece pode pedir-se o amparo de Deus para o lar onde o Evangelho está sendo estudado, para os presentes, seus parentes e amigos; para os enfermos, do corpo e da alma; para a paz na Terra; para os trabalhadores do Bem e etc.
A prece, além de ligar o ser humano à espiritualidade, traduz respeito pelo momento de estudo a realizar-se.

3. Estudo do Evangelho de Jesus

O estudo do Evangelho do Cristo, à luz da Doutrina Espírita – “O Evangelho segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec  – poderá ser estudado de duas formas:

a) estudo em seqüência – o estudo metódico, em pequenas partes, permite o conhecimento gradual e ordenado dos ensinamentos que o livro encerra. Após o seu término, volta-se, novamente, ao capítulo inicial;

b) estudo ao acaso – consiste na abertura, ao acaso, de “O Evangelho segundo o Espiritismo”, o que ensejará, também, lições oportunas, em qualquer ocasião.

Os comentários devem envolver o trecho lido, buscando-se alcançar a essência dos ensinamentos de Jesus, realçando-se a necessidade da sua aplicação na vida diária, evitando-se polemicas e criticas.

4. Prece de agradecimento

Um dos presentes fará uma prece,agradecer a Deus, pedir proteção para todos, pela paz, pelas lições recebidas, benção pela próxima semana etc.

Observações: A duração do Culto do Evangelho no Lar é em média de 15 a 30 minutos.

No Culto do Evangelho no Lar devem ser evitadas manifestações mediúnicas. A sua finalidade básica é o estudo do Evangelho de Jesus, para o aprendizado Cristão, a fim de que seus participantes melhor se conduzam na jornada terrena. Os casos de mediunidade indisciplinada devem ser encaminhados a uma sociedade espírita idônea.

Devem-se evitar comparações ou comentários que desmereçam pessoas ou religiões. No Evangelho busca-se a aquisição de valores maiores, tais como a benevolência e a caridade, a compreensão e a humildade, não cabendo, dessa forma, qualquer conversação menos edificante. A realização do Culto do Evangelho no Lar não deve ser suspensa em virtude de visitas inesperadas. Deverá ser esclarecido o assunto com delicadeza e franqueza, convidando-se o visitante a participar do Culto, caso lhe aprouver.

 

 

fonte: com base no texto Pratique “O EVANGELHO NO LAR” site: euespirita